Facebook esteve relacionado mais uma vez a um caso de vazamento de dados. Dessa vez, hackers expuseram mais de 533 milhões de informações pessoais de usuários da rede social. Pelo menos 8 milhões de brasileiros tiveram as contas comprometidas.

E os dados vazados pelos criminosos vão de telefones celulares, data de nascimento e e-mails até nome completo e biografias. Por isso, é fundamental checar, de tempos em tempos, se suas informações foram expostas ou não. Para te ajudar, o Olhar Digital listou algumas dicas do que fazer para descobrir se você foi vítima de hackers.

Acesse o Registrato

O vazamento de dados expõe informações que podem ser usadas para clonagem de cartões e empréstimos, por exemplo. Para te proteger, o Banco Central criou o Registrato, um site que permite monitorar se seu CPF está vinculado a contas correntes que não sejam suas e a movimentações bancárias.

Para ter acesso, basta se cadastrar pelo aplicativo do banco ou pelo site do Registrato.

Have I Been Pwned

O site Have I Been Pwned é um dos mais antigo que verifica o vazamento de senhas de usuários. Sistema usa o e-mail da pessoa para realizar pesquisas em bancos de dados de mais de 300 sites.

Para descobrir se sua senha vazou na internet, acesse a plataforma e insira seu e-mail no campo de busca.

Minha Senha

Desenvolvido pela Axur, empresa de monitoramento, o Minha Senha é um recurso brasileiro que permite o usuário verificar se suas informações foram expostas em algum banco de dado de fraudes.

Por ser do Brasil, a plataforma reúne apenas dados de vazamentos em sites nacionais, aumentando a chance do usuário descobrir uma possível exposição do seus dados.

Firefox Monitor

O Mozila Firefox também lançou um recurso de pesquisa de dados que usa apenas o e-mail do usuário. A plataforma tem parceria com o Have I Been Pwned e a Cloudfare.

Além de verificar possíveis violações, o Firefox Monitor também permite a criação de um alerta caso você sofra algum ataque cibernético.

Entre em contato com o gerente da sua conta bancária

Já falamos do Registrato e sua importância para saber se seus dados foram vazados. Porém, sempre que possível, é interessante o usuário entrar diretamente em contato com o gerente da sua conta para verificar se houve alguma movimentação estranha. Juntos, analisem seu histórico e tentem encontrar transações ou pagamentos suspeitos.

Mais um vazamento de dados do Facebook

Essa não é a primeira vez que algo do tipo acontece com a rede social de Mark Zuckerberg. Em 2019, um vazamento expôs milhares de telefones de usuários do Facebook.

A plataforma garantiu na ocasião que a situação foi corrigida. Os dados disponíveis dessa vez podem ter relação com essa falha anterior.

“Indivíduos que se inscrevem em uma empresa respeitável como o Facebook estão confiando seus dados e o Facebook deve tratar os dados com o máximo respeito”, explicou Gal. “Os usuários que têm suas informações pessoais vazadas é uma grande violação de confiança e devem ser tratados de acordo”, completou ainda o especialista dizendo que, a partir do momento que ocorre o vazamento, os dados daquela pessoa ficam disponíveis na internet para sempre.


Fonte: Olhar Digital
Foto de cottonbro no Pexels

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: